consultoria

consultoria

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Mikhail Bakhtin

Mikhail Bakhtin Quando viveu De 1895 a † 1975Onde nasceu Orel, Rússia O que pensou Entendeu a linguagem como produto da interação social e da interação dos interlocutores. Para ele, a língua não pode ser considerada uma estrutura abstrata, sem realização concreta, tampouco mero reflexo da realidade material. Os conteúdos da consciência são tanto materiais como sociais. Frase "A língua materna, seu vocabulário e sua estrutura gramatical, não conhecemos por meio de dicionários ou manuais de gramática, mas graças aos enunciados concretos que ouvimos e reproduzimos na comunicação efetiva com as pessoas que nos rodeiam" O que ler Bakhtin - Conceitos-Chave, Beth Brait (org.), 224 págs., Ed. Contexto; Mikhail Bakhtin, Katerina Clark e Michael Holquist, 384 págs., Ed. Perspectiva; Marxismo e Filosofia da linguagem, Bakhtin. (1929) Antes de ler Mikhail Bakhtin leia: Karl Marx e Freud

Nenhum comentário:

Postar um comentário