consultoria

consultoria

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Dicas simples para você transformar uma história em uma imensa aventura

6 dicas para contar histórias de um jeito divertido
Não é preciso ser uma Sherazade e tecer histórias fantásticas e mirabolantes para atrair a atenção de um ouvinte atento por 1001 noites. Nem é preciso ser Dona Benta para conseguir fazer uma criança ficar vidrada em suas histórias. Contar histórias deve ser um ato do cotidiano, espontâneo, que todos fazemos a todo o momento. Mas muitos pais ainda ficam envergonhados ou não se sentem confiantes o suficiente para investir nesse passatempo tão educativo. "Todos nós somos bons ouvidores de história só precisamos de incentivo para sermos também bons contadores" Entre esses incentivos, vale ressaltar um que mostra o quão acessível e simples é a narração: "como vem da tradição oral, você não precisa saber ler para poder contar histórias. Você pode simplesmente transmitir aquilo que você viveu", diz Carla Passos, atriz e arte-educadora do Instituto Brincante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário